domingo

A Pequena Madame e o Porquinho

A Pequena Madame e o Porquinho :



Era uma vez uma pequena madame que tinha um porquinho. Certa vez ela quis ir a um casamento, e disse ao porquinho:
-Porquinho, hoje você ficará em casa, pois quero ir ao casamento.
O porquinho ficou zangado e disse:
- Não, não, não ! Eu também quero ir !

Então a Pequena Madame foi falar com o cachorrinho:

-"Cachorrinho morda o porquinho, pois o porquinho não quer ficar em casa e eu quero ir ao casamento."

E o cachorrinho respondeu:

-"O porquinho não me fez nada...eu não lhe farei nada também !"

A Pequena Madame então foi falar com o pau:

-" Pau bata no cachorrinho pois ele não quer morder o porquinho que não quer ficar em casa e eu quero ir ao casamento."

O Pau então respondeu:

-"O cachorrinho não me fez nada...eu não lhe farei nada também !"

Então a Pequena Madame foi falar com o fogo:

-"Fogo queime o pau pois ele não quer bater no porquinho, que não quer ficar em casa , e eu quero ir ao casamento."

Disse então o Fogo:

-"O Pau não me fez nada...eu não lhe farei nada também !"

E assim a Pequena Madame foi falar com a água:

-"Água apague o fogo que não quer queimar o pau, que não quer bater no cachorrinho,que não quer morder o porquinho,que não quer ficar em casa, e eu quero ir ao casamento."

A água lhe respondeu:

-"O fogo não me fez nada...eu não lhe farei nada também !"

A Pequena Madame então resolveu falar com o boi:

-"Boi beba a água que não quer apagar o fogo, que não quer queimar o pau, que não quer bater no cachorrinho, que não quer morder o porquinho, que não quer ficar em casa, e eu quero ir ao casamento."
O boi lhe respondeu:

"- A água não me fez nada...eu não lhe farei nada também !"

A Pequena Madame então foi falar com o açouqueiro:

"- Açougueiro mate o boi que não quer beber a água, que não quer apagar o fogo, que não quer queimar o pau, que não quer bater no cachorrinho, que não quer morder o porquinho,que não quer ficar em casa, e eu quero ir ao casamento."
O açougueiro respondeu:

"- Certo,irei matar o boi !"

O boi ouvindo aquilo, disse:

"- Oh ! Querem me matar !?! É melhor eu tomar a água...

A água ouvindo aquilo, disse:

"- Oh! Querem me tomar !?!É melhor eu apagar o fogo...

O fogo ouvindo aquilo, disse:

"-Oh ! Querem me apagar !?! É melhor eu queimar o pau...

O pau ouvindo aquilo, disse:

"-Oh ! Querem me queimar !?! É melhor eu bater no cachorrinho...

O cachorrinho ouvindo aquilo, disse :

"-Oh ! Querem me bater !?! É melhor eu morder o porquinho...

O porquinho ouvindo aquilo, disse:

"- Oh! Querem me morder !?! É melhor eu ficar em casa !"

E assim a Pequena Madame pode ir ao casamento.


...Vamos dar a despedida como faz o sabiá...vai saindo, vai dizendo : "até logo, adeus , sinhá !"


Beijinhos carinhosos,Betty

Em Tempo : Acabamos de receber este prêmio ( por receber mais de 5 vezes o troféus da Bruna ( http://pedagogiadoafeto.blogspot.com/)


A todos os blogs amigos que nos mimam e homenageam, nossa gratidão .

A listinha deles pode ser vista em http://premiosemimos.blogspot.com

Beijinhos carinhosos e emocionados, Betty

4 comentários:

Idéias e Artes disse...

Amei o fantoche do porquinho. Oi lindinha tudo na paz? Vim fazer uma visita e matar as saudades. Aguardo sua visitinha no meu novo cantinho. Bjs docinhos e uma boa semana.

PHD CURSO LIVRE DE ATUALIZAÇÃO E CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL disse...

Oi tem um selinho lido e significativo pra vc no meu blog. pegue-o lá. Vc merece....

Michelle disse...

Olá!

Passei para fazer um convite. Criei um novo cantinho: www.docematemática.blogspot.com, pois adoro matemática e acho que ela é desvalorizada nas séries iniciais. Este blog nasceu com o intuito de repensar a educação matemática nas séries iniciais, propondo uma matemática lúdica, prazerosa, instigadora. Quero provar que a matemática não precisa ter o gosto amargo da opressão e da nota zero. A matemática pode ser doce!

Espero sua visita!

Abraços, Michelle

Débora Francis disse...

Olá querida, encontrei seu blog por acaso e amei, seu cantinho é demais!
Parabéns e muito sucesso p ti.